história (ainda) sem nome. Capítulo 3 e 4

Vamos a mais um capítulo?

Vou começar a deixar os links dos dois capítulos anteriores para facilitar para quem ainda não leu, ok? Mas também tem uma categoria logo aqui ao lado onde só existirão os capítulos da história.

capitulo 1   capitulo 2

Espero que gostem.

 

capitulo 3: Anéis e sobremesas parte 1

 

– Max – falou Meg entre  dentes e ficando vermelha.- eu não consigo respirar.

Era a primeira vez que Max a levava para um lugar bacana. Até então, só tinham jantado em restaurantes de esquinas e sem a menor classe, embora a comida servida fosse boa.

E justo nesse dia, ele havia planejado uma surpresa para Meg. O único problema era que Max não tinha muita criatividade e decidiu imitar aqueles filmes típicos de seção da tarde em que o noivo colocava um anel de noivado na sobremesa.

E foi assim que Meg acabou com o anel entalado em sua garganta.

Em um restaurante chique.

Com o vestido comprado especialmente para a ocasião.

Max levantou rapidamente e começou a bater nas costas de Meg, mas não estava adiantando. Então se lembrou de um desenho animado que passava repetidamente na TV, em que um porquinho entalava com algo da  sua comida e a vaquinha corria e apertava o porquinho bem na barriga para ele se livrar de alguma coisa do seu jantar que não tinha descido completamente.

E assim fez Max. Uma, duas, três vezes até que o anel pulou da boca de Meg e foi parar na mesa vizinha.

Meg preferia ter morrido entalada com o anel a passar por aquela situação.

Mas logo mudou de ideia ao ver Max preocupado com seu estado e dando explicações de que aquilo deveria ser romântico e que tudo bem que não era um anel de noivado, que era só de compromisso…

-… eu quero que as pessoas vejam que estamos juntos, Meg. – dizia ele- ainda não é de noivado, porque é um grande passo e não quero ser um desses casais que passam anos noivos e meses casados. Quero noivar quando estiver realmente perto de nos casarmos.

Então toda a raiva de Meg, por ter se engasgado com o anel, foi embora. E ela se derreteu pelo Max mais uma vez.

Tudo isso tinha acontecido há dois anos no aniversário de namoro de Meg e Max.

 

Capítulo 4: Anéis e sobremesas parte 2

 

– Megan? Você está bem?

Não, Meg não tava nada bem. Ela queria esquecer a boa e velha educação e jogar o controle bem na piscina que estava ali a seu lado.

Ver um estranho reparando numa mania que tinha quando estava distraída e que ainda por cima era relacionada ao Max, a deixava sem chão e com um lago nos olhos.

Meg pensou que era durona, descendo para o bar do hotel e tomando várias doses daquela bebida, mas agora via claramente que estava apenas adiando as lágrimas, o balde de sorvete e a tarde assistindo “Orgulho e Preconceito” e “Razão e Sensibilidade”. Sonhando em quando encontraria um Mr. Darcy para chamar de seu.

-eu.. eu estou bem sim, Evan. Obrigada pela água de coco mas esqueci de fazer.. de fazer uma coisa… tenho que ir… agora.

Evan ficou ali, vendo Megan juntar suas coisas e sair apressada da área da piscina e entrar no hotel.

Iria atrás dela? Ligaria? Foi quando lembrou que não deu tempo nem de pedir seu telefone.

Embora Evan não fosse muito bom em decifrar os sentimentos femininos, ele sabia que a mudança de humor que ocorreu com Meg tinha relação com o namorado dela. E uma reação bem ruim, afinal.

E o pior? Evan não iria descobrir o que de fato teria acontecido pois estava saindo do hotel no final da tarde.

Mas antes pensaria mais sobre o mistério da aliança tomando um sorvete para afastar o calor daquele dia ensolarado.

————————————-

É isso gente, até o próximo capítulo!

 

Compartilhe

Sobre o autor

Pseudo Nerd. Canceriana (isso importa?). Adoro escrever e ler. Viciada em filmes e seriados. Conhecida por sentir as coisas alem do necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *