Então é dia dos namorados? Que beleza!!

Não? Pois é… eu também não acho… todo mundo fica muito alegrinho… motéis cheios, restaurantes entupidos, e-mails de ultima chance para comprar o presente da cara metade e por ai vai….

Falando sério, não tenho “ódÉo” do dia dos namorados… apenas uma dorzinha de cotovelo. Mas que passa logo… sou só eu? Hehe

Entrar nas redes sociais em dias assim é uma aventura… todo mundo fica muito meloso e taus… a saída: ler e “tirar onda” dessa situação.

Frases do tipo  “ no dia do índio eu não precisei ficar com um índio, porque no dia dos namorados tenho que estar com namorado?” são o auge do “forever alone” nível ultramax.

Mas, veja bem, é melhor brincar com a situação do que ser alvo da pena alheia, certo? (muito dramático, eu sei).

Mas a pior parte mesmo do dia é escutar: e então, o que foi que ganhou do namorado? Ai , muito sem graça, você responde: não tenho namorado!

A parte que eu mais me divirto é com a cara do abelhudo. É mais ou menos como quando eles dizem pra alguém: você ta grávida? E é só uma gordurinha extra ou uma roupa que não caiu bem!

Bom, mas se você realmente se importa com toda essa história de dia dos namorados, se liga que amanhã ainda dá tempo de fazer aquela simpatia e garantir um “boy magya” pro ano que vem.

E qualquer coisa ainda tem São Judas Tadeu ( santo das causas impossíveis) mais para o fim do ano!

Compartilhe

Sobre o autor

Pseudo Nerd. Canceriana (isso importa?). Adoro escrever e ler. Viciada em filmes e seriados. Conhecida por sentir as coisas alem do necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *