23Mais uma vez tava em casa vendo um filminho… tinha tempo que não emendava um filme no outro e ficava de bobeira na frente da TV.

Acabei de ver o filme “melhor é impossível” com Jack Nicholson.

E, como não poderia deixar de ser,  o filme é incrível!!!

Ele foge um pouco da minha regra de não ver filmes ganhadores do Oscar… é como dizem: toda regra tem sua exceção.

Melvin  (Jack Nicholson) é um maluco, preconceituoso e mal humorado escritor de romances. E, além de tudo isso, tem TOC (transtorno obsessivo compulsivo). Ele não pisa em linhas, come com talheres de plástico, não usa o mesmo sabonete, come sempre no mesmo lugar e entra em parafuso quando a garçonete que o serve (e que é a única que o suporta) não vai mais trabalhar. Como “bom” egoísta, ele deu um jeito de levar a garçonete de volta ao trabalho. Carol, que é mãe de um filho alérgico, deixou de ir trabalhar para tomar conta do garoto. Melvin decide se ajudar dando ao menino tratamento para a alergia. Nesse meio tempo, ele ainda torna-se amigo do vizinho gay a quem destratava.

É um romance cheio de comédia, ironia e verdade.

Nas entrelinhas, o filme mostra como não podemos viver sozinhos. Como não precisamos ser neuróticos para necessitar da ajuda de alguém e de estar no meio de outras pessoas.

Demonstra também a nossa falta de bom senso ao julgar o comportamento ou as escolhas das pessoas que estão a nossa volta…

E o mais engraçado foi que vendo esse filme, lembrei-me de um verso de uma música ( de repente – Pedro Mariano)  que escutei essa semana:

“Não há nada só bom
Nem ninguém é só mau”

Tanto a música quanto filme, me fizeram lembrar que não vivemos numa “novela das oito”.

Que não existem pessoas ou coisas imutáveis…

Que vale muito a pena conviver com pessoas e que é indispensável pisar na linha uma vez ou outra.

Compartilhe

Sobre o autor

Pseudo Nerd.
Canceriana (isso importa?).
Adoro escrever e ler. Viciada em filmes e seriados.
Conhecida por sentir as coisas alem do necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *