Pensamento floreado e “Pensadores” errados

“Um temperamento agradável pode compensar-nos da falta de beleza, mas a beleza não basta para nos indenizar de um temperamento desagradável.” Joseph Addison.

Esse pensamento floreado de palavras bonitinhas pelo Joseph já estou íntima e olha que só o conheci hoje é só uma forma diferente e menos impactante de dizer uma frase tão popular, tipo conselho de avó mesmo: beleza não põe mesa.

Parece conversa de gente feia né? Mas não é não (e ai de quem diga o contrário! Hehehe)

Tava andando no shopping hoje à tarde e vi coisas que outrora acharia estranha. Homens lindos com mulheres, digamos, exóticas. Embora o contrário seja mais recorrente, esse tipo de situação já se tornou comum. Vocês não acham?

Fiquei pensando nas conversas que sempre tenho com meus amigos e minhas irmãs: como é difícil encontrar alguém bacana e com alguma cultura/inteligência hoje em dia.

As pessoas andam tão vazias de tudo que tendemos a generalizá-las como “farinhas do mesmo saco” de futilidades e inutilidades mentais.

Tudo bem que sempre fui mais inclinada aos nerds  já que eles são os caras ricos de amanhã, sempre dei um pouquinho mais de valor a inteligência em detrimento da beleza externa. Sempre assimilo como uma igualdade: bonitos=burros. Trauma, talvez…

Mas alguém é assim?

E ainda fico pensando em mais coisas. Cadê as pessoas que reúnem várias qualidades? Por onde andam as pessoas inteligentes e com um bom papo? E o cavalheirismo? E as mulheres educadas e não-vulgares? E o namoro no lugar da enrolação prolongada?

Tenho que me conformar… tudo que queremos é artigo em extinção.

Ah, e antes que esqueça!! Vinicius de Moraes você estava errado em sua célebre frase: “que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental”.  E tenho dito! rsrsrs

Tags

Compartilhe

Sobre o autor

Pseudo Nerd. Canceriana (isso importa?). Adoro escrever e ler. Viciada em filmes e seriados. Conhecida por sentir as coisas alem do necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *