Uma das piores coisas para qualquer pessoa, acredito eu, é ver quem gostamos falando carinhosamente de outra… Penso que é até pior do que ver ele com outra…. Já diziam os “antigos” que palavras são como tapas de luvas, magoam bem mais!
Mesmo vivendo em tempos modernos, leitores de revistas que dão dicas do tipo: “saiba fazer ele(a) se apixonar por você” ou ainda “10000000 posições para enlouquecer na cama” , ninguém está preparado pra ser esnobado, pisoteado ou até mesmo enganado!
E se você tem a mera ilusão que não pode ficar pior, prepare-se!
Sabe aquela situação “amigo de ex namorado(a)”, não é tão ruin quanto amigo(a) de quem se está apaixonado! Mesmo não querendo, você espera a chance de poder ficar com essa pessoa, de ter algo mais. Ai, vem uma 3° pessoa, toma aquele espaço que poderia ser seu…e você volta a ser aquele(a) amigo(a) de msn que em vários momentos é categoricamente ignorado(a). E não acabou! você não consegue ficar com raiva… E nesse mundo de blog , twitter, msn, orkut, mensagens de texto é impossivel não saber o que se passa com a pessoa.
Solução? Crie um blog e desabafe! kkkkkkkk
Excluir de msn e derivados só dá asas a imaginação. Não tente se afastar, você não vai conseguir. Pode até tentar resistir quando esse “alguém” tentar uma certa aproximação…mas também não vai conseguir…
A melhor maneira até agora é (fora os chocolates, álcool e potes de sorvetes) alugar o ombro de um amigo de verdade, falar tudo que tem pra falar, e seguir a vida… Evitar a fatídica pergunta: “aconteceu alguma coisa? você não tá falando comigo”…
Sei que é bem mais facil falar do que fazer, mas não custa tentar…
Não sou nenhuma PHD no assunto, muito pelo contrário…. Mas é o que EU tento fazer….
AH! só mais uma coisa: cuidado pra não ver a situação toda como você quer, veja como ela realmente acontece! tenha os “olhos limpos”!
É isso aí!
BJUS e até o proximo desabafo!

Compartilhe

Sobre o autor

Pseudo Nerd. Canceriana (isso importa?). Adoro escrever e ler. Viciada em filmes e seriados. Conhecida por sentir as coisas alem do necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *